terça-feira, março 10, 2009

Noites Memoráveis Parte I



O que aqui vos venho contar hoje é algo de que não me orgulho muito mas é uma experiência que merece ser partilhada.

Ora bem antes de irmos à “historia” propriamente dita vou primeiro fazer uma pequena introdução.

Como vos sabeis (gosto da palavra “sabeis”), os alucinados são provenientes da bela cidade Figueira da Foz, nessa bela cidade existe um parque chamado Abadias, nas Zabadias (era assim que chamávamos quando éramos putos), podia-se fazer todo o tipo de actividades, desde jogar a bola, correr, comer gajas, ir a caça de pássaros, tudo se podia fazer nas Zabadias, mas havia uma actividade que mais encantava os jovens, que era nem mais nem menos, do que saltar a vala que existia a meio do parque, esta era uma proeza que não estava ao alcance de todos pelo que só os mais ousados se atreviam a tal feito, por vezes corria mal e la ia o pessoal para casa a cheirar a “natureza”, e com natureza eu quero dizer esgoto.

Agora vamos à “historia”...

Certa dia, ou melhor certa noite, não, certo dia porque ja deviam ser umas seis da manhã vinha eu de uma noite de Bergas (ou seja uma noite bem regada), com o Sr. Dr. Pedro o Galinha e com o Ilustre Dr. Luis Pingo, a caminho de casa, e ao passarmos pelas Abadias bateu me a nostalgia e disse para o Galo: - “É galo e quando saltávamos a vala tenho a certeza que ainda o conseguia fazer”, o Galo que não é de se ficar nestas coisas disparou logo um: - “Tenho a certeza que não consegues e até te tou 5 € se o conseguires”, pah eu que sou uma pessoa orgulhosa não pode ficar imune a estas palavras e logo disse:
- “Está apostado eu vou voltar a saltar a vala como fazíamos quando éramos putos”, pah não foi pelo dinheiro mas sim pelo orgulho ferido.
Antes de vos contar como correu o salto (quase olímpico), tenho de vos informar que estávamos numa noite chuvosa e que o piso estava escorregadio.
Depois de feito o aquecimento senti-me preparado para o salto, iria provar que ainda era capaz de o fazer e ia ganhar 5 € para o pequeno almoço, antes de começar a correr senti que tinha começado a chover parecia um épico deixei que ouvir o que se passava a minha volta, era apenas eu contra a vala das Abadias, começo a correr, uns meros metros pareceram-me quilómetros, ao chegar perto do abismo escorrego, quase caiu, mas mesmo assim não desisto e salto, tenho a certeza que o tempo parou senti me a voar, finalmente toco no solo, como não senti os pés molhados pensei, consegui, mais uma vez consegui saltar a vala e calar o Galo, quando dou por mim, reparo que aterrei na borda da vala por centímetros que o salto não foi perfeito, mas ainda não tinha desistido e enquanto me debatia para cair para a frente e assim ganhar aposta senti que forças ocultas me puxavam para trás, passados alguns segundos não resisti e sucumbi as essas forças malévolas que me empurravam para baixo....

Resultado, cai na vala de costas, relembrei como era o cheirinho à natureza (leia-se esgoto) que os anos se tinham encarregado de me fazer esquecer e tive de ir ate casa com as calças pelos joelhos por estar todo molhado...

Mas continuo apostar com quem me quiser desafiar que eu consigo saltar a vala....

Sem mais de momento...

Screw you guys!!! I’m going home!!!

8 comentários:

NunoSioux disse...

he he he he he he he he he he he he he he

O Galo também não pode falar muito, ainda no outro dia lhe ganhei a jogar Snoker!! E todos sabem que estou para o Snoker como o Zé Castelo Branco está para a masculinidade!

Agora cair nas vala das Abadias é algo extraordinariamente mau! Eu borrava a cara de fezes! Tu pelos vistos foi só as calças, a camisa, os boxers e o orgulho!

E já agora, tá apostado para a próxima buba saltas e saltas! Com cobertura integral da Alucinados4ever tv! A postar posteriormente neste ilustre espaço!!

Aguardem!

Jokinhaxitax fofax

ricardo pimentel disse...

It smells like teen spirit.

kiss.

Pedro o Galinha disse...

AH AH AH AH AH AH...

borrei-me a rir enkuanto lia...
estava mesmo a ver o acontecimento na minha mente.
foi épico... eu e o pingo nunca ri-mos tanto na vida....
as calças eram ou beje ou brancas mesmo.
demais.... devia ter sido filmado...

aliás... a proxima tem de ser filmada e eu aventuro-me ao mesmo..

mas eu consigo mesmo... n me fico pelas bordas e caio de costas no esgoto...


lindooooooooooooooooooooooooooooo

já n me ria assim num post desde... olha sei lá.

ps: é beje ou beije?

Pikinina disse...

Estão abertas as apostas???

Silvia F. disse...

Que-galo! Hahahaha
Essa vala tem quantos centímetros afinal? Só para ter a ideia do feito heróico ;P

apleman disse...

Tchii nem imaginas o quanto a vala é larga (75 cm)... hehehe

escarlate.due disse...

o Alucinados não é um blogue é uma alucinação, Apleman!!

e há anos que mantenho com ele uma relação que não tem nada que ver com colectivos ou não

entendido? :)
beijo

apleman disse...

Isso é verdade este blog não existe é apenas uma alucinação de um colectivo...

Não a sabia uma leitora assidua desde os primordios do alucinados...

Kiss e volta sempre