terça-feira, novembro 07, 2006

A teoria do ornitorrinco e sua relação com o fim do mundo











Caros leitores. Chegou o momento.
O momento pelo qual vocês tanto ansiavam.
O momento de todas as verdades, sem mentiras e sem mais demoras eis que vos apresento: God’s ultimate creature. Não me acreditam? Pois eu digo-vos que no fim deste post vocês estarão muito mais elucidados sobre os verdadeiros poderes desta criatura mitológica.
O “Ornithorhynchus anatinus”, é, para todos os efeitos, um simples animal sem graça nenhuma. É um mamífero que vive na Austrália, animal semi-aquático e nocturno, a sua dieta baseia-se em insectos, vermes e até crustáceos de água doce.
Mas não é de explicações á National Geografic que vocês estão á espera, mas sim da sua divindade e o que é que me leva a crer, que este animal esteja relacionado com o fim do mundo.
Passo a explicar: existem duas características, que distinguem o ornitorrinco de todos os outros animais existentes na fauna deste planeta. A primeira é óbvia, estou a falar é claro da sua inteligência superior (já há muito que se sabe que nós humanos somos o terceiro ser mais inteligente do planeta), a segunda: a sua estranheza. Pois é, ele é estranho comó car…o . Senão vejamos: Apesar de ser um mamífero, o ornitorrinco, em vez de dar à luz as suas crias, põe ovos que são parcialmente chocados no interior do corpo, outra diferença em relação aos restantes mamíferos é que as fêmeas deste animal não têm mamilos e as crias sugam o leite materno através dos poros existentes no meio da pelagem da barriga. Outra característica peculiar é o seu bico, o bico não é ósseo, mas coberto por uma membrana sensível. E aqui vai a grande bomba: os ornitorrincos apresentam dez cromossomas sexuais, em vez dos dois (XY) dos restantes mamíferos. Será que isto revela superioridade? Ou evolução? Porque é que Deus o criou assim? Tão diferente de “nós”, restantes animais. É certo que o ser humano também tem uma característica que o distingue dos outros (os polegares), mas nada se assemelha á panóplia de características do ornitorrinco e que tão bem o distinguem. Este é o animal que desafia as leis da natureza, que vai contra a própria natureza.
Agora se isto não chega para vos abrir os olhos, perante o iminente fim do mundo, então não sei o que o fará.






Deixem-me aproveitar este post para prestar homenagem a outro animal mitológico e com ascensão divina,
Sissi 23/07/1991 – 04/11/2006.

ps: tou de relaçõs cortadas com o Nuno

Para breve “O fim das teorias”

2 comentários:

apleman disse...

Olha que fiquei mesmo elucidado com a relação do ornitorrinco com o fim do mundo!
Sem duvida o teu melhor post!
E ainda falas tu mal do meus posts!

Sandrita disse...

Mais um post onde falas, falas, flas... mas não dizes nada!!!!