sábado, outubro 21, 2006

Teoria da Religião


Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer, se tiver sede, dá-lhe de beber, porque fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça.
Romanos 12/20

Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo, e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.
I S. João 5/4

Antes de começarmos com a tão esperada teoria, decidi seguir o concelho da conceituada Engenheira Sandra Nunes: tomo total irresponsabilidade sobre a possível perda de alma de todos os leitores desta teoria. Só lê, quem quer.

Eis o grande tema.

A veracidade, o idealismo e sobretudo o porquê da religião na vida humana.
A existência de Deus (não o meu, nem o teu, “mas o nosso”, nem o judeu, nem o católico ou muçulmano) simplesmente Deus, a sua existência, a sua presença e poder enquanto ente superior. Aproveito esta teoria também, para escrever sobre o oposto de Deus, o seu pólo, aquele com tantos nomes (sendo o meu favorito, o “Gajo de Vermelho”).
No Titanic, um jovem grupo de alucinados, devorou este tema com voracidade, retalhando-o e desdobrando-o; mostraram pontos de vista, apresentaram ideias e defenderam as suas teses, acabando, deste modo por se criar o mito “ Titanic e seus Alucinados”.
Voltando ao tema, devo dizer, que depois de muito pensar sobre o que escrever, deste tema tão controverso, e em respeito aos Alucinados cheguei a uma conclusão sensata:
Não escrever nada, por dois simples motivos.
Primeiro, não me pareceu nada correcto, descrever aqui o grande tema discutido sem consultar os próprios Alucinados.
Segundo, se por acaso eu me decidisse a escrever realmente o tema, seria confrontado com outro dilema, o do espaço. Será que alguém pensou realmente que eu conseguiria transcrever uma teoria tão complexa como esta em poucas palavras?
Aquilo que os Alucinados falaram, ficou no Titanic. Os que lá estiveram, sabem o que se passou, falou e discutiu. Para todos aqueles que não estiveram lá e querem realmente saber a que conclusões chegámos, infelizmente terão que ser discriminados.
Obrigado.
E desculpem lá toda esta publicidade para um post de mer.. e que não fala de nada.

Ps: para breve a teoria do ornitorrinco, aquela que verdadeiramente irá mudar a tua vida.

Toda a escritura, divinamente inspirada, é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça.
II Timóteo 3/16

3 comentários:

Sandrita disse...

Sinto-me extremamente desiludida com vossa excelência, e é tudo!

apleman disse...

Gostei!!!

Su disse...

QUE MERDALASCA DE POST