segunda-feira, outubro 30, 2006

Grandes Bubas!!!

Caros leitores neste post vou descrever as piores bebedeiras dos membros deste blog espero que nenhum dos meus co-administradores fique ofendido com que vou aqui escrever mas a verdade tem de ser dita…




Nuno Sioux – ora isto já deve ter sido há uns 4 anitos e começa assim: certa noite estava eu e o meu amigo Pedro o Galinha a beber uns copos quando nos lembramos do nosso amigo Nuno Sioux, digo-vos que já eram 2 da matina quando lhe ligamos, como é obvio ele já estava a dormir, lá conseguimos convence-lo a vir ter connosco (algo que se arrependeu no fim da noite), como eu e o Pedro já estávamos assim meio pó bebedolas o Nuno decidiu que tinha que nos apanhar, então começou a mamar finos de meio litro a granel (digamos que no terceiro ele já não só nos tinha apanhado como já ia bastante avançado), como já deviam ser umas 3 da matina decidimos que estava na hora de ir abanar o capacete então fomos para a Disco mais badalada da Figueira da Foz o Kastigo. Bem passado 15 minutos de lá estarmos fomos dar com o nosso amigo Sioux desmaiado (sim Nuno tu estavas desmaiado escusas de dizer que estavas com sono e adormeceste) no palco sendo que ainda não estava satisfeito com facto de ter desmaiado ainda teve de ir vomitar para a porta da Disco com mais de 50 pessoas á espera para entrar (nunca tinha visto tantas pessoas ao mesmo tempo agoniadas).





Pedro o Galinha – esta foi no tempo do Titanic, mas essa reunião tinha um significado especial, era a comemoração do meu 18º aniversario, então nessa noite passamos do habitual litro para 2 (que hoje não parece muito mas na altura acreditem que era), no fim do primeiro litro alguém teve a ideia genial de sairmos do Titanic para irmos para o telhado dum bar ali perto, tal não é o nosso espanto que quando íamos a meio da segunda litrada aparece a Policia Marítima os que ainda estava em condições de correr fugiram, adivinhem lá que ficou para trás??? Ora nem mais o nosso amigo Galinha, (há e o nosso grande amigo Humberto que por acaso vai-se lá saber porque estava com as calças a meio das pernas) pelo vistos a embriagues já era tanta que o rapaz não teve coragem para correr, conclusão nessa noite o Galinha mais o Beto acabaram nos calabouços da Policia, sendo que nessa altura a sua única preocupação não era o crime que tinha acabado de cometer mas sim o facto de ter perdido nessa noite o 15º telemóvel do mês, felizmente tudo acabou bem com a mãe dele a ter de os ir buscar não sendo apresentadas queixas mas ficando uma noite para mais tarde recordar.




João Mexia – digo-vos que esta foi a mais difícil de apurar, pra dizer a verdade o João não tem nenhuma memorável como as nossas por isso senhores leitores vou deixar alguns relatos de algumas semi-grandes bubas.
1ª noite no Titanic o João depois de ter bebido 2 litros de Coca-Cola teve de ir para casa porque as dores de barriga eram insuportáveis por causa do Gás. Queima das fitas na figueira dia de Xutos o João depois de 3 Coca-Colas e 2 finos teve de ir dormir para o carro que não aguentava mais. Ultima ida a Coimbra o João depois de 1 Coca-Cola e 5 finos adormeceu no caminho pra casa íamos todos morrendo!!!! Como já reparam o João foi diminuindo nas Coca-Colas e aumentando nos finos, Talvez daqui a uns tempos tenhamos também uma Historia memorável para contar!!!





Ricardo o Maçã – esta não foi difícil de eleger e já vão perceber porque, começando do principio, dia 29 de Junho de 2001 na véspera da comemoração do meu 19º aniversario convidei o meu grande amigo Humberto para jantar comigo tivemos um jantar calminho em que só bebemos uma garrafa de vinho, depois de jantar decidimos ir dar uma volta até ao picas mas ao passarmos perto da avenida deparamo-nos com as tasquinhas (malditas tasquinhas), decidimos lá ir beber um copo, digamos que bebemos um copo por tasquinha sendo que eram umas 20 já podem imaginar, entretanto a malta veio ter connosco, alguém teve a maldita ideia de ir pá gala porque nessa altura se comemorava o S. Pedro, a partir daqui tudo o que vos contar até á hora de acordar eu não posso precisar porque não me lembro de nada e tudo o que sei foi me dito por terceiros, mas voltando á nossa história, (e lembrem-se que a partir de agora tudo isto pode ou não ser fictício) chegando á gala fomos emborcar mais cerveja, passados uns 40 minutos um dos nativos não gostou da minha cara não sei porque (mas será do facto de nós os figueirense irmos para roubar-lhes as mulheres???) e atrofiou comigo, cinco horas depois, acordei num sitio muito estranho com um cheiro distinto e inconfundível pois é caros amigos eu estava no Hospital quando me levantei perguntei, a um enfermeiro que por ali passava, porque raio estava ali ele sorriu e disse “vai-te ver ao espelho”, quando vi o meu reflexo no espelho não me reconheci parecia que tinha estado no combate de boxe, pensei pelo menos os meus amigos estão lá fora á minha espera quando reparei num bilhete atado aos meus atacadores que dizia “olha levaste porrada e trouxemos-te para o hospital ainda esperamos por ti mas como disseram que ias passar aqui a noite fomos embora”, um muito obrigado aos meus amigos pelo apoio prestado!

E assim foi o post das maiores bubas da nossa vida espero que aprendam algo com o que acabaram de ler e não nos imitem, quer dizer podem imitar o João que ele é o único saudável do grupo.

Sem mais de momento…

Screw you guys!!! I’m going home!!!

3 comentários:

Sandrita disse...

Quem lê este post pensa que as vossas noites de bubas já acabaram, visto que estas "grandes bubas" como lhes chamas-te passaram-se já há muito tempo! Pois desenganem-se, as noites de bebedeiras continuam! A diferença é que agora precisam de beber um bocadinho mais para que tal aconteça!
Só para dar um exemplo, ainda me lembro de nem há um ano ter que ir levar o caro autor deste post à uma da matina completamente bebado a casa, sim não me enganei... à uma da matina!!! Depois de este ter dado um espectaculo memorável no Túnel!!!
Parece que vocês é que não aprendem nada com as vossas "grandes bubas"...

niño disse...

nao foi so o joao que adromeceu... foi um perigo aquela noite e aquela viagem...

Pedro o Galinha disse...

Na verdade foi o 13º telemovel.
O que foi muito triste.
Quero aproveitar para agradecer ao Tó: sem ti, eu e o Beto não teríamos a opurtunidade de passar mais quatro horas na sede da polícia quando ja estávamos kuase kuase a saír. Obrigado por apareceres e estragares toda a mentira k eu e o Beto estava-mos a inventar..