quinta-feira, junho 18, 2009

Coincidência ou Final Destination???


Sempre fui dos que sempre disse que não acreditava no destino, na minha opinião nos fazemos o nosso próprio destino, somos nos que fazemos as escolhas que vão moldar o nosso “Fado”, por vezes existem acidentes, catástrofes que ceifam centenas de vidas humanas, muitos são aqueles que no ultimo minuto não apanharam uma boleia de um carro que teve um acidente em que morreram todos os ocupantes, que perderam um avião que caiu matando todos os ocupantes, essas pessoas ficaram sempre com a sensação que não tinha chegado a hora delas e que God Himself os impediu de sucumbir nesses dias.
Pois recentemente houve um caso desses um avião que se despenhou no Atlântico ceifando a vida de 228 pessoas, um brasuca luso descendente e um casal de italianos deviam ter embarcado nesse vou, e que por razões diferentes não o fizeram, o brasuca não perdeu tempo e logo veio a Fatima agradecer o facto de não ter embracado nesse dia, o casal de italianos (provavelmente ateus) esta semana tiveram um acidente de viação que vitimou a mulher e deixou o homem em estado muito grave.
Isto deixa me a pensar... teria realmente chegado a vez dos italianos? Será que temos mesmo uma hora predestinada para irmos à “vida”? Terão estas pessoas enganado a “Morte”? Bem uma já foi e o outro está em vias de... se eu fosse o brasuca escondia me dentro de casa e não saia de lá nos próximos 6 meses...


Sem mais de momento,

Screw death... I´m going home...

2 comentários:

escarlate disse...

tutásmasémaluco!!!! eu se fosse ao basuca vivia como se não houvesse amanhã e a única coisa que deixaria de fazer era pensar demais!!
ok ok no meu caso é fácil não pensar (é capaz de não ser o meu forte) demais e viver como se não houvesse amanhã (dava jeito transitar para depois de amanhã porque amanhã vai ser dia de cão)
:P

Pedro o Galinha disse...

não te preocupes.... o teu caso é diferente...
não vais ter uma morte na terra por isso deixa pra la...

o teu destino ja está traçado há muito tempo, muito parecido com o do Constantine (o tal k era o único k o Lu vinha cá cima pessoalmente colher a sua alma)...

no teu caso não será bem assim... ele não precisa de vir cá cima.

tu sabes... tu e só tu... e mais ninguém


(ja pensaste nisso como um privilégio)?