quinta-feira, abril 05, 2007

Malas de mulher... (a saga)

Aperte bem o cinto, cerre os dentes e respire fundo. Acaba de entrar numa alucinante viagem ao enigmático mundo das:
Malas das Mulheres

4 da manhã, ao balcão do Nanas Bar….

-Tens lume?

-Aqui não, mas tenho na mala, podes ir buscar…

E de um momento para o outro, o pânico invadiu a minha alma, todo eu tremia. Parei um segundo e respirei bem fundo (fiquei na mesma). E parti, parti tal qual, Vasco da Gama partira um dia, em busca de novos mundos.
Conforme me ia aproximando, era cada vez mais difícil, controlar a tentação natural de um homem, quando procura algo na mala de uma mulher. (espalhar tudo pelo chão e procurar depois…)

Enchi-me de coragem e inseri a minha amada mão, no interior daquele autentico ninho de cobras.
Vasculhei por entre, o Batom, o porta-moedas, as chaves do carro com um urso enorme, a carteira dos documentos, os lenços de papel, e todas as outras coisas infinitas, que não vou descrever senão o post fica enorme…
Foi quando percebi, que algo errado se passava naquela misteriosa mala… Um suave passar dos meus dedos, activara nas suas entranhas, um objecto vibratório não identificado. A cada movimento vibratório, o meu pânico era maior.
Pensei para mim mesmo:
Têm calma Osvaldo… deve ser uma depiladora!
Mas... foi quando uma terrível questão invadiu a minha mente:
Espera aí… se a Cremilde não tem namorado….porque tem ela aquele sorriso nos lábios? Olhei à minha volta, e todos os olhares (das mulheres) pareciam dizer em coro:
Foda-se Osvaldo, não tens vergonha nenhuma! Achas isso bem?
Tudo agora era bem claro, por mais difícil que fosse de acreditar, eu tinha…
Activado um massajador facial!!!

(Modelo não vibratório)


Todo eu tremia, assustado fiz aquilo que todos nós fazíamos quando partíamos algo em casa de nossas avós. (deixar tudo na mesma e dar o fora do local do crime).

De regresso ao balcão: (com ar de inocente)

- Então Osvaldo, foste buscar lume e voltas de cigarro apagado?

(oh foda-se, as mulheres reparam em tudo!)

- ah pois… sabes, acho que vou deixar de fumar!!!

- Hum, não encontraste o isqueiro né?

(sem poder dar parte de fraco)

- Não!!! Nem procurei!

- Homens, são todos uns nabos… espera aí que eu vou buscar…

A minha vida era agora um inferno, aproveitei o pouco tempo que me restava, e pedi dois absintos em balão a arder, que bebi de rajada! Durou muito pouco tempo a minha aparente paz…

-Oh Osvaldo!!!!! (aos gritos)

O meu coração disparou, umas ligeiras gotitas de urina, manchavam agora as minhas cuecas.

-Então o meu telemóvel estava a vibrar e tu, não dizes nada???

- Ah, pois sabes é que eu….. pensava que…sabes é que…

-Oh Cremilde, tens lume?

Um abraço malta!!!

4 comentários:

Pedro o Galinha disse...

Se existe algum motivo para um homem não querer mexer na mala de uma mulher é exactamente o facto de poder vir a encontrar algo que não desejava. E agora um momento estúpido: Quem consegue repetir de forma muito rápida a seguinte estrofe?

Uma mala

Uma mala

Uma mala

Uma mala

lol, pareço os putos do ciclo...

apleman disse...

Mama-la quem???

Ma que levas logo tudo para o mal pah!!! És incrivel!!!

Nuno este post veio confirmar a tua excelente forma nesta epoca continua assim que ainda es chamado a seleção...

Xana disse...

Alegrem-se gajos! Agora ha malas tamanho XS... ja vão conseguir encontrar o iskeiro... e não devem dar pa transportar massajadores faciais, portanto se algo vibrar... será mesmo o telemovel!!!
Beijinhos!!!

Malibu disse...

"Enchi-me de coragem e inseri a minha amada mão, no interior daquele autentico ninho de cobras." AHAHHAHAHA tá demais...realmente as malas das senhoras podem ser perigosas...