sexta-feira, abril 27, 2007

A chouriça a dar-lhe no grelo... salteado



Para quem não sabe, venho aqui a afirmar que eu adoro uma boa molhada de grelos.



Então se for um grelinho salteado… aí é que a porca torce o rabo.
E o que acompanha muita bem o grelo salteado é a bela da chouriça! É das minhas coisas favoritas – a chouriça a dar-lhe no grelo!
Mas para que se desfrute deste momento com máximo prazer á que seguir uma série de passos muito delicados…

Ora vamos lá a ver uma receita infalível para terem um regalo de chouriça a dar-lhe no grelo… salteado.

1º Passo – Para começar o grelo não deve ser: nem muito maduro nem muito verde, o ideal é mesmo o intermédio… rijinho e floreado.

2º Passo – Cuidado com o cheiro!!! Se vos cheirar á pescada pah, não vos chegais por perto, muita atenção para este facto.

3º Passo – O lubrificante… sejais rigorosos! E escolhei sempre o de origem animal, nem que vos dê mais trabalho, mas no fim, verão que valerá bem o esforço.

4º Passo – Temperai e apimentai um pouquinho a coisa.

5º Passo – Não deveis saltear e trotitar demasiadamente o grelo logo nos minutos iniciais correndo o risco de ficar amolecido.

6º Passo – Nem de menos, senão o lubrificante não actua como deve de ser e o grelo depois de frio fica rijo perdendo todo o sabor e consequente interesse.

7º Passo – Após estes passos é só dar-lhe com a chouriça. Esta pode ser mesmo a única que tenham disponível seja ela velha, nova, torta, com cheiro, sem cheiro, grande, pequena doce ou amarga não interessa. O que interessa é mesmo o grelo.

Agora, é só desfrutar.

Muito

Muito breve… está a teoria da revelação...


5 comentários:

Anónimo disse...

dos melhores posted q ja vi no alucinados...continuem!!

L.Gaspar

NunoSioux disse...

Realmente uma belissima receita, capaz de agradar ao mais exigente consumidor!
Mas...
A que revista ou mestre foste buscar a receita?

É que pelo o que dizem as más linguas , não és lá grande cozinheiro!!!

He he he he he

Muito bom!

Um abraço

Bernardo Moura disse...

Eu também adoro grelos, principalmente quando estão na fase que até grilam!:)
Abraço

Cataclismo Cerebral disse...

Uma receita muito suis generis, de facto. Kinky é a palavra chave.Qual será a próxima? Xaputa na brasa?!

Abraço intercontinental

jg disse...

Só não percebo pq é que não me corre bem quando atiro a uma boazona: "Deixa-me ser a chouriça das tuas favas"...